8 Erros Mais Comuns ao Preencher a Declarção do IR

O formulário do Imposto de Renda(IR) deve ser preenchido através do programa ReceitaNet. Cada campo possui um especificação para a digitação das informações corretas. Para evitar problemas com o órgão público, aprenda quais os erros mais comuns ao preencher o IR e como evitá-los. Saiba mais a seguir.


Quais informações estão contidas no Imposto de Renda?

A declaração do IRPF 2017 é um formulário manual para preenchimento de pessoas físicas e jurídicas. Antigamente tudo era realizado através do papel. Hoje o processo é totalmente digitalizado. Basta preencher os dados por meio do programa ReceitaNet e realizar o envio também online.
As informações a serem transmitidas para Receita Federal são de todos os ganhos do brasileiro ou empresa no ano anterior. Entram aí salários e qualquer venda de um bem físico ou qualquer imóvel e propriedade em nome do declarante.


Os gastos realizados no período de 1 de janeiro a 31 de dezembro do ano anterior também devem ser listados, mas apenas se houver nota fiscal. As despesas servem para abater no imposto porque você já apagou quando realizou o pagamento por meio de nota fiscal. O processo de abater o imposto de renda é chamado de restituição.

Dicas de 8 erros para ser evitados na declaração do IR

Caso haja algum erro na declaração do IRPF 2017, basta realizar uma correção posterior e fazer o reenvio do formulário. Mas para evitar mais atrasos na restituição em qualquer pendência com o seu CPF ou CNPJ, algumas dicas são:

1 - Declarar em dois Impostos de Renda o único dependente - uma pessoa não pode depender financeiramente de dois CPFs. Os gastos de cada um podem ser separados em suas respectivas declarações, mas não podem estar listados duplamente.

2 - Declarar despesas médicas sem comprovação - infelizmente a Receita Federal não é uma instituição que acredita fielmente na palavra do contribuinte. É necessário comprovar por meio de nota fiscal.
3 - Não declarar todos os seus bens - seja carro, motos, imóveis comerciais ou residenciais.
4 - Declarar corretamente o seu tipo de previdência privada - o modelo PGBL Possui desconto direto na fonte e possui dedução no IR. Já o VGBL não.
5 - Valores errados - você não tem ideia da quantidade de pessoas que queria digitar R$ 500 e acaba deixando em 50 ou 5000. Muita atenção na digitação dos números.
6 - Atualizar o valor dos bens pelo preço do mercado -O que vale é o que está escrito na nota de compra e documentação.
7 - Renda de aluguel também deve ser declarada - Qualquer ganho ao longo do ano deve ser declarado no Imposto de Renda. Isso inclui tanto o aluguel como a venda de qualquer bem.
8 - Pensão alimentícia - Não importa a idade do dependente, ela deve estar contida no formulário também.

O que acontece se houver erros na declaração de renda?

O contribuinte deve voltar ao formulário fazer um reajuste no primeiro mês. Caso ultrapasse esse prazo é considerado em atraso e deverá enviar uma nova declaração pagando a multa por enviar o IR atrasado.

You Might Also Like

0 comentários